Domingo.

É um dia com muita contravérsia. Muitos não gostam porque não se faz nada, como a  querida Coco Channel que morreu num domingo, o dia que mais odiava; outros gostam porque é o dia em que podem fazer tudo e mais alguma coisa. E outros, é mesmo porque não se faz mesmo nada.  Mas a verdade, seja qual for a opinião, 90% detesta porque o dia  a seguir é: Segunda.

Para mim, é o dia em que descanso sempre que posso, ponho o meu “cinema” em dia, ou lembro-me de cozinhar alguma coisa requintada, ou mesmo é aquele dia em que o meu cerébro só existe para as funções básicas. É um dia para mim sempre nostálgico não sei porque. Quando ando nervosa ou stresses é o dia que nunca mais acaba. Sempre que quero que não passe as horas passam a correr, ou então acaba por nunca mais passar porque tou sempre a olhar para o relógio. Sempre que tenho de estudar, há sempre coisas tão bonitas  para fazer ou filmes engraçados para ver na Televisão que já não vejo faz séculos, ou então já sei as falas decor mas gosto sempre de o ver. Sempre que não tenho que fazer, passo o dia a bufar, e quando dou por ela estou a fazer qualquer coisa repetida pela milionésima vez (defeito de quem não consegue dormir durante o dia), e só me lembro de fazer qualquer coisa engraçada ao final do dia.

Mas eu escrevi neste 7º dia da semana, o dia em o senhor que criou o Mundo descansou (supõem-se!), para falar de uma coisa que nunca deveremos fazer a um domingo: sair á rua. É um perigo meus senhores! Desde velhotes  e velhotas que pegam no carro exactamente só no dia do descanso para ir visitar os primos ou filhos ou não sei quem, e que não sabem a estrada ou não sabem para que serve aquela coisinha preta de plástico do lado direito do volante. São estradas, ruas, com dois tipos de condutores ao mesmo tempo (que só cria estradas atrofiadas): os “pimp” e os condutores de domingo que vão desde os carros de familiazinha até aos já referidos velhotes. Mas o mais perigoso, é quando chegamos a um supermercado ou shopping, ou mesmo café, está tudo entupido. São crianças a chorar, são crianças aos gritos, são pais atrás dos filhos, são as familias que saiem inteiras á rua, são os espanhois (que me irrita solenemente ouvir falar em espanhol, principalmente vindo de um espanhol), são os grupos dos miúdos que só sairam com a ideia de fazer ( desculpem o palavreado) merda. É de tudo. Mas, tudo a consumir inacreditavelmente neste tempo de crise, e tudo sempre com a mesma cara, a mesma maneira de estar, de como se nada passasse estando o país a cair num buraco muito dificil de se sair. Mete-me um pouco de impressão, como continuamos com a mesma maneira de pensar, a mesma maneira de estar quando o Mundo, não só o país, o Mundo está em declínio. São as gerações futuras que nem sabem como é um peixe, ou não tem qualquer valores morais ou de respeito, é o petroleo a acabar e meus amigos, quando acabar o que uma matéria-prima vai provocar de ruptura no Mundo. É tudo e no entanto continuamos na mesma: aparências é o que conta.

Sei que talvez possa estar a exagerar um pouco, mas irrita-me porque é exactamente esta nossa maneira de estar no mundo tão arrogante, tão snob que nos está a levar a um ponto sem retorno. É que crises ecónimicas e socias muito bem, os governos vão e vêm. Mas onde vivemos, onde temos os nossos pés pousados, isso não. A não ser que o Stephen Hawking tenha razão  e que entranto a NASA decida abrir os cordões a bolsa e descobre que podemos viver num planeta qualquer longinquo, de que nos vales tudo o que temos, senão podemos viver para dar significado a isso?

Acabei com um assunto que não tem nada a haver com o titulo. Mas não está de todo modo fora de contexto:  é uma consequência  de sair á rua num Domingo, e o que me faz o Domingo =P

Até á próxima!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s