The New Slavery

Numa época em que cada vez mais é nos incutido pelos média e pela sociedade, materiais e ideias que não nos são essenciais mas que “aceitamos” e acabamos por “precisar” como tal, vem este TED talk mesmo a calhar.

Neste últimos dias tenho falado muitos neste assunto e discutido com algumas pessoas. A realidade é que estamos a entrar numa sociedade degradante. E por muito que pareça que não, é tudo graças ao petróleo. Esta velocidade de vida que temos, e o consumo que nos é imposto, é graças ao petróleo. Este tipo de combustível, foi o que nos permitiu os avanços nos últimos anos, desde que foi descoberto o petróleo a investigação cientifica aumentou quase o dobro ( não implica que a qualidade seja a mesma….), o plástico, e toda a palafernalia associada, o aquecimento das casas, os carros, e tudo mais. A nossa mobilidade actual! Graças ao petróleo podemos pegar num carro e viajar viajar viajar, existem locais de reabastecimento em qualquer lado em que em minutos se enche o nosso veiculo e podemos proceder a viagem. O local de depósito é prático, cómodo, não pesa muito e portanto é facil de transportar o nosso tanque de gasóleo  ou gasolina. E tirando isso, toda a nossa necessidade actual de objectos que não precisamos. Pensem: eu própria já estou a ceder aos “encantos” de um telemóvel touch, e no entanto é um telemovel como os outros: manda mensagens e recebe e efectua chamadas. Mas o grande “twistting” da nossa sociedade, e com a grande ajuda da velocidade de tempo e crescimento, é que acabamos por precisar das coisas. Hoje em dia os materiais são feitos para durar pouco, não são feitos para durar. Porque? Senão não havia produção. E depois, quando precisamos de comprar de novo, ou arranjar qualquer coisa já não existe como nós tinhamos, e portanto temos que comprar uma coisa nova. Por exemplo, computadores, querem melhor exemplo. Ou seja estamos numa sociedade mais ignorante e estupida se formos a ver que no tempo dos analfabetos cristãos. E de que forma mais irónica! Porque naquele tempo não havia muitas formas de conhecimento, era dificil ter uma fonte de conhecimento, e acreditava-se em qualquer coisa, por isso a igreja ganhou o poder que tem, dava o que as pessoas acreditavam, e era fácil controla-los, eram burrinhos. Se formos a ver, hoje não melhoramos muitos. Temos sim bastante conhecimento e muitas formas de o adquirir, mas continuamos “burrinhos” na mesma: estamos numa escravatura dissimulada, porque continuamos a acreditar em históriazinhas que nos conta a sociedade de consumo para trabalhamos para comprar coisas que não nos são essenciais, e o controlo em nós é tão fácil imposto.

Até á próxima!

One response to “The New Slavery

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s