Não precisamos de ir muito longe

Um pouco ao encontro que acabei de ter com o meu pai, a verdade é que não precisamos de ir muito longe para vermos beleza natural diante dos nosso olhos. É mesmo tipico humano nunca nos contentarmos com o que temos e queremos ir sempre longe.

Este fim de semana fui ao Curso de Iniciação á Identificação de Répteis, leccionado pela Dr.ª Raquel Ribeiro e também a Dr.ª Sara Rocha, através dos “Amigos do Mar”. Para quem não sabe, os “Amigos do Mar” são uma associação que havia, e ainda existe, em Viana do Castelo que faziam imensas actividades no âmbito da educação ambiental e de ocupamento de lazer e que também tinham a vertente de Escola Naútica. Há uns anos atrás aquilo foi um pouco abaixo, manteve só a parte da Escola Naútica, mas agora está a voltar a re-emergir a parte ambiental, e muito bem acho eu. Faz falta uma associação desse tipo em Viana.

Mas voltando ao curso, foi muito bom (excepto a Cláudia ter-se sentido mal, mas já estás a ficar boa😛 ). Tivemos um dia com parte teórica, a explicar os répteis que existem em Portugal, para quem não sabe fica agora informado temos 28 espécies, da quais duas são cagados, e outra duas osgas, e um camaleão que só existe mesmo no Sul do País. E aprendi algumas desmitificações interessantes, principalmente no que toca a cobras. Por exemplo, que em Portugal as nossas víboras nem sequer tem um antidoto que exista nos hospitais caso alguém seja mordido, aliás só convém ir ao Hospital caso a pessoa reaja ao veneno mas como quem reage ao veneno da picada da abelha, é a mesma coisa. Portanto não precisam de ter medo se forem mordidos por uma vibora, e caso sejam mordidos, não façam garrote como normalmente se pensa que se deve fazer, deve deixar fluir o veneno. Outra coisa, mas isso eu sabia uma parte, é que realmente o licranço não é um bicho agressivo, de todo, é um animal bastante passivo, e que até devia ser colocado nas hortas (ao contrário do que se faz que normalmente tudo que seja agricultor mata-os : mordidela de licranço são 100 anos sem descanso), uma vez que este animal come muito dos outros animais considerados pragas hortícolas como o caracol ou a lesma. E no segundo dia, foi o melhor deles: aula de campo. E daí ter iniciado com o termos coisas bonitas perto de nós. Fomos a S.Lourenço da Montaria, perto do Viveiro Florestal. Nunca tinha ido lá, talvez por ignorância minha, mas a verdade é que aquilo é lindo. Só para terem uma ideia, daqueles sítios que tem uma ribeirinha cuja água ainda é cristalina, límpida e fria. E, andamos nós por lá uma manha a tentar encontra répteis. Tivemos sucesso, encontramos bastantes, e alguns anfíbios. Onde também aprendi como se distingue a rã pelo sapo quando não se tem a certeza: pela pata traseira; se esticar-se a pata da rã para a frente e a ponta da patinha bater no naziz ou boca é rã, caso bata antes nos olhos ou mesmo no timpano é sapo. Vi a minha primeira rã ibérica. Só não vimos cobras que é o que eu queria ver mais ao vivo selvagem, principalmente uma cobra rateira, ou uma de água,mas para uma próxima talvez mais sucesso. Aqui deixo algumas fotos do que vimos.

Fura-pastos (Chalcides striatus)
Cópula entre 2 Lagartixa-de-Carbonelli (Pordarcis carbonelli)
Rã Ibérica (Rana iberica)
Macho de Sardão (Lacerta lepida)

Por uns dias vou andar lá para o Sul do país, espero trazer algumas fotos bonitas🙂

 

Até á próxima!

 

2 responses to “Não precisamos de ir muito longe

  1. Tanto bicho lindo🙂 é bem verdade, há cada coisa mais bonita perto de nós e muitas vezes nem reparámos. Ainda bem que gostas-te do curso, às vezes é um pouco aborrecido esse género de coisas, mas no final vale sempre a pena. Então vais para o Sul? Que bem, fazes muito bem, apanha muito sol. Também vamos aproveitar o fim de semana prolongado🙂
    Beijocas!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s