Vagueando por terras de Bouro

Ontem, último ano em que temos o feriado no dia 5 de Outubro, resolvemos ir à Serra do Gerês. E foi, como se diz, “matar dois coelhos” num só tiro. Até foram 3: apanhar musgo para o trabalho da minha dissertação (precisava de uma zona mais limpa para apanhar líquenes juntos na amostra), passear e depois passar pela Primark (poderei confirmar que sou um pouco Primarkomaníaca). Digo-vos foi um dia óptimo! Estava um calor no ar como não esteve este ano. Deu para visitar tanto local naquela paisagem autóctone portuguesa que é linda, e apreciar o que é mesmo bonito neste país. Eu adoro o Gerês, sinto-me quase como numa segunda casa. Mas vou confessar, que este ano já fui também ao Parque Natural de Montesinho (porei fotos aqui depois) numa viagem de estudo e consegue ser muito mais pristino que o Gerês, e muito mais…. relaxante e “breathtaking” nalgumas vistas. Já para não falar na famosa Aldeia do Xisto.  No entanto temos que dar valor ao Parque do Gerês porque é o único nacional que temos.

Primeira paragem mesmo dentro do Parque Nacional da Peneda do Gerês

Estava eu a procura de musgo quando vi isto debaixo de uma pedra. Não sei se é ovo, se pedra, se cogumelo

Coleoptero como não via há muito tempo destes metálicos e deste tamanho

Penso que Crocus serotinus, prima da flor do Açafrão🙂 (pertencem ao mesmo Género Crocus)

Este ano fui a um local que nunca tinha ido, perto do P.N.P.G., que é já do país vizinho. Os banhos quentes em Lobos. Na foto não se vê bem mas sai fumo da água. Quando coloquei a mão na água tirei logo estava mesmo muito quente. Um sítio para vir depois ás terma🙂

Balneario Caldaria (Lobos) em Ourense, Espanha. Aqui não dá para ver mas a água escaldava mesmo, saia fumo🙂

Cascata da Portela do Homem

Lagartixa

Cascata do Arado

Ponte da Vila do Gerês

A Cascata do Arado é mais conhecida para mim pelas 3 cascatas, porque é uma zona onde existem 3 cascatas seguidas, e que no topo existe um prado de primavera, onde os pastores levam os rebanhos para se alimentar na Primavera. Desta vez não subi, mas já subi e irei subir e novo. E aconselho a quem pode. Por entre as pedras da cascatas existem pequenas poças onde existem pequenos mistérios à espera de ser encontrados🙂

E como disse inicialmente, a minha colheita de musgos foi um sucesso (espero eu de que…) e viemos pela Primark já que por Braga iamos passar. Juro, nunca se metam num estilo de loja como a Primark num feriado.. Pior que uma feira. Era cruzetas partidas no chão, era roupa toda desarrumada e espalhada por todo o lado. Foi só mesmo para aproveitar a viagem porque precisava de uns básicos.

E foi o meu dia de ontem.🙂

Espero que tenham tido um óptimo feriado.

Até à próxima!

3 responses to “Vagueando por terras de Bouro

  1. Que belo passeio!
    Essa zona termal de águas estupidamente quentes chama-se Lobios, e nós já há muito que somos fãs…até os meus pais🙂 é uma delícia, apesar de custar um pouco ao entrar por serem tão quentes, mas as de fora são mais convidativas e mornas🙂

    Beijinhos***

    • Eu gostei bastante. Mas ainda estou para descobrir a razão de a água ser tão quente. Não tem muita lógica uma vez que não é uma zona de atividade vulcânica, penso eu.

      Beijos

      • Acho que tem a ver com a fonte dela que é muito profunda, daí acontecer como em Chaves que as termas têm água a 70 graus.
        Mas tens de experimentar ir para dentro🙂 é muito bom!!

        Beijinhos***

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s